Em Macaé, Botafogo sofre 3ª derrota seguida
e vê classificação ameaçada na Série C

E o filme se repetiu… Mais uma vez o torcedor que esperava um bom resultado fora de casa acabou vendo uma derrota melancólica do Pantera pro fraco Macaé e assim o Botafogo que tinha a classificação dada como “certa” alguns jogos atrás começa a ser ameaçado pelos adversários do grupo na Série C.

No 1º tempo, o jogo começou bem morno. Somente aos 38, o Botafogo tentou o primeiro chute a gol, com Vicente chutando por cima sem perigo. Já aos 44, o lateral esquerdo do Macaé escapa rápido e toca pra Rogerinho, que é travado, na sequência, num lance totalmente infantil, Vicente dá um carrinho e faz pênalti. Rogerinho bate e abre o placar para o Macaé.

A defesa que passou tantos jogos “invicta”, agora vive com erros grotescos. (Foto: Antonio Luppi/Agência Botafogo)

Na volta para o 2º tempo, Rodrigo Fonseca apostou em Wesley na vaga de Carlos Henrique. E aos 5, Vitinho cobra falta lateral e Gladstone, de cabeça, empata o jogo para o Botafogo. Aos 19, o time da casa tem falta perto da área e Valdir cobra bem e coloca o Macaé na frente.  Na sequência, Vinicius Simon chega atrasado e acerta Maradona pelas costas, toma o 2º amarelo e é expulso.

Aos 30, Matheus Cancian sai para entrada de Alex Gonçalves. Pouco depois, o Macaé sai em contra-ataque e Maradona faz 3 a 1 aproveitando nova falha da defesa.  Aos 40, Morais tenta chute de fora mas Luis Henrique pega.  No lance seguinte, Wesley recebe de Samuel e marca 3 a 2. Mas, não havia mais tempo nem capacidade pro Botafogo empatar.

CRÍTICA DO JOGO 

Mais uma vez o Botafogo perde com erros bizarros dos jogadores e também de estratégia e opções do treinador. Infelizmente, o time que vinha bem foi saíndo dos eixos nas últimas rodadas. Pelo que apresenta em campo, também dá demonstrações que não existe mais  união entre os jogadores. 

Logo após a partida, o presidente anunciou a saída de Rodrigo Fonseca do cargo de técnico. Infelizmente, ocorreu aquilo que eu já previa, Fonseca – apesar do grande potencial – não era o nome certo para um campeonato com tamanha responsabilidade. Mas, que fique claro, ele não é o grande culpado por essa situação. Agora, vão tentar voltar o trem aos trilhos na reta final. Nós, seguimos torcendo e apoiando, mas sempre com coerência e independência. 

Em Macaé, Botafogo busca recuperação
e quebrar tabu na Série C

Jogando neste sábado, o Pantera vai até Macaé para tentar recuperar os pontos perdidos nas duas últimas partidas em que perdeu e assim caiu da liderança para a quarta colocação do grupo B da Terceira divisão nacional, ficando ameaçada a sua classificação para o mata-mata e também o sonho do acesso.

Além de buscar pontos ainda terá que reverter o tabu do time que segue sem vencer fora de Ribeirão. Até o momento na serie C foram 7 jogos longe do Santa Cruz, com 5 empates e 2 derrotas. A famosa vitória “fora” que queriamos e que iria dar uma “gordurinha” quando estavamos na liderança não veio e agora jogamos mais pressionados.

Rodrigo Fonseca e Neneca terão papel fundamental no duelo de hoje. (Foto: Luis Augusto/Agência Botafogo)

Para este jogo, o técnico Rodrigo Fonseca terá a volta do meia Vitinho que cumpriu suspensão no último jogo, O único desfalque é do zagueiro Caio Ruan que tomou amarelo no banco de reservas e assim está suspenso. Assim, a dúvida é saber quais jogadores ele irá escolher “do meio pra frente” para que o time possa se comportar bem e ir em busca da vitória tão necessária. Como também a dúvida é saber se os jogadores vão se comportar de uma maneira mais positiva nesta partida.

No adversário, a situação é bastante complicada. O Macaé está na zona de rebaixamento e luta para vencer e assegurar a sua permanência na série C. Assim como o Botafogo, o Macaé vem de 2 derrotas seguidas. O jogo de hoje é fundamental para tentar encostar no Bragantino, outro time ameaçado, já que nas próximas duas rodadas o Macaé vai jogar fora de casa.

Informações do Jogo: Macaé x Botafogo
Local: Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, Macaé-RJ
Horário: Sábado, 15h.
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva – PR (CBF)
Provável Macaé-RJ: Luís Henrique; Ruan, Matheus Cambuci, Raphael Costa e Sanchez; Luís Felipe, Franco, Leonardo e Rogerinho; Israel e Lepu. Técnico: Josué Teixeira.
Provável BOTAFOGO: Neneca; Samuel Santos, Vinicius Simon, Gladstone e Vicente; Murillo, Carlos Henrique, Mateus Cancian, Vitinho e Morais; Edno. Técnico: Rodrigo Fonseca.

Botafogo perde pro São Bento em casa e cai para o 4º lugar

O domingo botafoguense foi triste. A derrota para o São Bento por 2 a 0 tirou o Botafogo da liderança, quebrou a série invicta do time no Santa Cruz e o fez cair para o 4º lugar do grupo B da Série C.  Num grupo já embolado, duas derrotas seguidas, fazem ligar o sinal de alerta no clube.

No 1º tempo, aos 12, o São Bento chegou ao ataque mas Gerley tirou pra escanteio. Aos 27, Francis tentou chute sem sucesso. Aos 32, Edno reclamou falta dentro da área e o juiz não marcou. No lance seguinte, Samuel Santos cruzou para área, a bola passou por Ronaldo e Edno perdeu chance chutando por cima. Aos 38, Caio Cezar pegou sobra dentro da área e é derrubado por Gladstone. Marcelo Cordeiro bateu pênalti e marcou 1 a 0 pro adversário. Aos 43, Muriel cruzou e Nilson cabeceou para boa defesa de Neneca.

Apesar de ‘recuado’, Edno participou das poucas chances criadas pelo Pantera (Foto: Rogério Moroti/Ag. Botafogo)

Na volta para o 2º tempo, Murillo saiu para entrada de Wesley. Aos 8, Muriel cruzou e Maicon Souza ampliou pro adversário 2 a 0. Aos 16, Rondinelly entrou no lugar de Ronaldo. Na sequência, Wesley e Rondinelly finalizam mas sem perigo. Aos 33, Mario pegou a vaga de Francis. Aos 41, Wesley chutou para boa defesa de Rodrigo Viana, Edno pegou a sobra mas chutou pra fora. Já nos acréscimos, Caio Cezar finalizou e Neneca defendeu evitando um 3º gol.

CRÍTICA DO JOGO 

Ao ver a escalação com ‘3 atacantes’ – Edno, Ronaldo e Francis, fiquei um pouco surpreso, porém, pensava na opção tática de recuar Edno como meia e colocar Morais e Francis pelas pontas e Ronaldo como centroavante. Porém, acho que a escalação foi errada. Mais que isso, achei errado sacar Murillo já no começo do 2º tempo. Porém, o treinador e os jogadores tem crédito no campeonato e por isso não acho que é a hora de jogar tudo pro alto ou crucificar todo mundo. 

O time que vinha ganhando e liderando, claro, também cometia alguns erros e a maioria a gente comentava aqui. Mas, nas últimas 2 rodadas, foi mal em campo e mal no resultado. Por isso, precisamos ficar alerta. Como eu já disse aqui, o Botafogo precisa subir esse ano, de qualquer jeito. Vamos continuar torcendo e apoiando de maneira consciente. 

Em Ribeirão, Botafogo e São Bento
jogam por liderança da Série C

Neste domingo o Pantera tem um confronto direto pela vaga nas quartas de finais da Terceira divisão nacional que darão a chance de disputar o tão sonhado acesso para a Série B. Jogando no ‘Santão’, o Botafogo recebe o São Bento que também faz boa campanha, quem vencer se garante no topo da tabela do grupo B e fica mais próximo da classificação.

Para o jogo de hoje o técnico Rodrigo Fonseca terá o desfalque do meia Vitinho (suspenso), porém, conta com o retorno de Morais que cumpriu suspensão na última rodada. Porém, há dúvidas sobre o time titular. Na zaga, Vinicius Simon e Caio Ruan disputam uma vaga; entre os volantes, Murillo pode aparecer no lugar de Mateus Cancian; no meio e no ataque, Ronaldo e Francis disputam para jogar ao lado de Edno, que também pode sair da sua função e ser recuado para o meio.

CAMISA 10 – O meia e ‘articulador’ Morais volta após cumprir suspensão. (Foto: Luis Augusto/Agência Botafogo)

Wesley que ficou fora do último jogo por desconforto muscular deve aparecer – pelo menos – no banco. Rodrigo Thiesen que também foi poupado deve voltar ao banco. Eu optaria por Caio Ruan, Murillo (não vejo tanto futebol no Mateus Cancian) e no ataque é difícil escolher já que Francis não está numa fase boa. Outro que precisa voltar a jogar mais é o lateral esquerdo Gerley.

O São Bento vem jogar desfalcado de 3 jogadores importantes – o zagueiro João Paulo, o volante Eder e o atacante Anderson Cavalo, todos suspensos. Assim como o Botafogo, o São Bento tem uma das melhores defesas do campeonato. Nos últimos 2 jogos saiu sem tomar gols. Por isso, o jogo promete ser duro. Como terá depois 2 jogos seguidos em casa, arrancar um empate em Ribeirão seria um ótimo resultado para eles.

Mas, se Deus quiser, hoje é dia de mais uma vitória do nosso Pantera rumo ao acesso….

Informações do Jogo: Botafogo x São Bento
Local: Estádio Santa Cruz, Ribeirão Preto-SP
Horário: Domingo, 16h.
Árbitro: Salim Fende Chavez – SP
Provável BOTAFOGO: Neneca, Samuel Santos, Vinicius Simon (Caio Ruan), Gladstone e Gerley, Carlos Henrique, Mateus Cancian (Murillo), Rondinelly e Morais, Edno e Ronaldo (Francis). Técnico: Rodrigo Fonseca.
Provável São Bento: Rodrigo Viana, Muriel, Mateus, Halisson (Rogério) e Marcelo Cordeiro, Fábio Bahia, Felipe Manoel e Maicon Souza, Cassinho, Caio Cézar e Nilson (Leandro Love). Técnico: Paulo Roberto Santos.

Botafogo é derrotado em Joinville e
perde chance de abrir vantagem na série C

Jogando no interior de Santa Catarina, o Pantera sofreu a 2ª derrota na Terceira divisão nacional. A derrota para o Joinville por 1 a 0 fez com que o time perdesse uma grande chance de abrir vantagem na liderança do grupo B da Série C.

Botafogo deixou Joinville dominar o meio de campo e matar o jogo. (Foto: Luis Augusto/Agência Botafogo)

No 1º tempo, aos 13, Matheus Cancian tenta finalização mas é travado pela zaga. Aos 29, o Joinville tem grande chance mas Samuel Santos evita o gol. Na sequência, Francis chega com perigo ao ataque mas não consegue a finalização. Aos 38, Grampola chuta e Neneca faz boa defesa. E antes do fim da primeira etapa, Alex Ruan invade a área, cruza e Ricardo Lobo chuta na cara do gol para grande defesa de Neneca.

No 2º tempo, Vicente entra na vaga de Gerley. Aos 9, Rafael Grampola recebe lançamento no meio da zaga tricolor e marca pro Joinville.  Aos 15 sai Matheus Cancian para entrada de Ronaldo. Perto dos 30, a última substituição – Léo Coca entra na vaga de Rondinelly. Aos 35, o Botafogo chega com 4 jogadores na área, vicente cruza, passa por Edno e Samuel finaliza mas pega mal na bola.

CRÍTICA DO JOGO

O técnico Rodrigo Fonseca optou por Vinicius Simon na zaga no lugar de Caio Ruan e Francis no ataque junto com Edno. Porém, em praticamente todo o jogo, o Pantera pouco atacou. Foi dominado pelo Joinville que fez o gol numa das chances criadas e depois apenas segurou o jogo.

Como era de se prever, a ausência do meia Morais foi sentida pelo time. O meia Vitinho se esforçou mas pouco conseguiu fazer. Rondinelly foi abaixo do esperado e os jogadores que entraram também não conseguiram mudar a dinâmica da partida.  

Em Joinville, Botafogo busca 1ª vitória fora
de casa e disparar na liderança da Série C

Neste domingo, mesmo sem jogar, o Pantera já se garantiu líder do grupo B da Terceira divisão nacional independente do resultado, isso porque os adversários já jogaram e ninguém alcançou o tricolor, porém, o objetivo do Botafogo é tentar finalmente a 1ª vitória longe de Ribeirão e assim disparar na liderança, criar vantagem sobre os rivais e assim ficar cada vez mais perto da classificação.

Além da liderança, o Botafogo joga mais uma vez para aumentar a sequência invicta. Até o momento são 9 jogos sem perder. Neste campeonato, só perdeu 1 vez – na distante 3ª rodada.

Para a partida o técnico Rodrigo Fonseca terá como principal desfalque o meia e articulador do time Morais, suspenso por cartões amarelos. Além dele, o volante Rodrigo Thiesen e o atacante Wesley foram cortados pelo departamento médico e serão poupados.

Gladstone volta ao time títular; Vitinho será decisivo com ausência de Morais (Foto: Rogério Moroti/Ag. Botafogo)

Assim, a expectativa é para a possível volta do volante Murillo que ficou de fora do último jogo por questões extra-campo e também do meia Rondinelly ocupando a vaga de Morais. Uma mudança tática que pode ocorrer durante o jogo é o recuo de Edno para a armação, assim como ocorreu no lance do 2º gol do último jogo.

No time da casa, o Joinville, a pressão é por vitória para chegar ao G4. O jogo de hoje é o primeiro de dois que terão em casa. Jogando na sua arena o Joinville está invicto – com 3 vitórias e 2 empates. Um dos destaques do time é o experiente meia Lúcio Flávio. O Joinville trocou de treinador durante o campeonato e o técnico Pingo venceu as 2 partidas que fez em casa. Que hoje seja a primeira derrota deles em casa e a nossa primeira vitória.

Informações do Jogo: Joinville x Botafogo
Local: Arena Joinville, Joinville-SC
Horário: Domingo, 15h.
Transmissão: TV Botafogo através da página do facebook do clube.
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio – MS (CBF)
Provável Joinville: Matheus, Zé Mateus, Charles, Max e Alex Ruan, Renan Teixeira, Tinga, Lúcio Flávio e Eliomar, Ricardo Lobo e Rafael Grampola. Técnico: Pingo.
Provável BOTAFOGO: Neneca, Samuel Santos, Caio Ruan, Gladstone e Gerley, Murillo (Matheus Cancian), Carlos Henrique, Vitinho e Rondinelly (Alex Gonçalves), Edno e Ronaldo. Técnico: Rodrigo Fonseca.

Botafogo 2×1 Volta Redonda – Relato sobre o jogo que não ‘cobrimos’

No último jogo, como estava em viagem, não consegui ver o jogo e nem fazer um relato aqui pro blog.
Para não deixar um espaço “em branco”, vou colocar aqui um relato sobre o jogo feito pelo jornalista e assessor de imprensa Luis Augusto, do site oficial do Botafogo.

http://botafogosp.com.br/de-virada-botafogo-bate-volta-redonda-rj-no-santa-cruz/

Peço desculpas aos fiéis seguidores do blog, mas nem sempre a gente consegue acompanhar.

Saudações botafoguenses! Amanhã tem postagens sobre o jogo contra o Joinville.